Pular para o conteúdo

Mês: janeiro 2014

África & Oriente Médio 0

ANGOLA: para além das análises das agências de rating, por Ricardo Kiyoji Ywata

Em agosto de 2012, o governo angolano emitiu um comunicado exaltando a manutenção do rating do país – “BB”/”Ba3” – pelas principais agências de classificação de risco soberano, como evidência de solidez macroeconômica do país (Ministério das Finanças, 2012). Um rating “é uma nota ou classificação de risco atribuída a um país emissor de dívida de acordo com a avaliação, […]

Chamadas de Artigos 0

Chamada de artigos – Jornal Informativo do Núcleo de Estudos Internacionais Brasil-Argentina (NEIBA-UERJ).

O Núcleo de Estudos Internacionais Brasil-Argentina (NEIBA), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e ao Programa de Estudios Argentina-Brasil da Universidad Nacional de Rosario, responsável pela publicação impressa e digital do informativo trimestral InfoNEIBA, dirige-se a todos os interessados em apresentar artigos e resenhas para informar que continua recebendo material em fluxo contínuo.

Não Categorizado 1

Sustentabilidade e Relações Internacionais, por Carlos Eduardo de Mira Costa e Antonio Gil da Costa Júnior

RESUMO A busca por sustentabilidade nos mais diversos departamentos têm se tornado cada vez mais evidente. Ter padrões de sustentabilidade tanto no setor público quanto no privado é muito importante para a imagem da corporação, bem como para o futuro do planeta que estamos deixando para as futuras gerações. O artigo trará informações das relações internacionais que estão ocorrendo para […]

Política Externa Brasileira 1

A distância entre Lampedusa e o Brasil, por Patrícia Nabuco Martuscelli

A mídia internacional e nacional abordaram, em outubro do ano passado, o naufrágio de um barco com quase 500 pessoas com destino à ilha italiana de Lampedusa, causando a morte de pelo menos 359 delas. A tragédia não foi a primeira acontecida no Mar Mediterrâneo nem será a última enquanto existirem de um lado pessoas que querem e precisam imigrar […]

Política Externa Brasileira 0

Principais características da experiência espanhola e italiana de planejamento regional e aspectos que podem servir de aprendizado para o Brasil, por Antonio Gil da Costa Júnior e Carlos Eduardo de Mira Costa

Nas relações internacionais, o tema cooperação internacional para o desenvolvimento implica considerar as vertentes: troca de experiências (informações e cooperação técnica), a financeira e a científico-tecnológica (MIRANDA, 2004). O presente artigo focará na primeira, abordando as principais características da experiência de Espanha e Itália com relação ao planejamento regional e fazendo alguns apontamentos que podem servir de aprendizado para as […]

Europa 3

O Massacre de Lampedusa e o descaso com a política imigratória na Europa Ocidental, por Leandro Loureiro Costa

Nos últimos anos, a Europa Ocidental vivenciou uma série de ocorrências de atos violentos contra imigrantes, sejam legais ou ilegais, em diversos países do continente. Essas ações agressivas contra indivíduos de fora do velho continente ocorrem tanto por grupos políticos anti-imigração e pelo próprio Estado. Como exemplo, podemos ver os ataques de partidários do movimento de extrema-direita grego, o Aurora […]

Américas 0

Antagonismos entre Aliança do Pacífico e Mercosul, por Guilherme Moreira Leite de Mello

1.      Antagonismos nos modelos de integração e desenvolvimento econômico entre Aliança do Pacífico e Mercosul A predisposição à abertura de uma nova estruturação latino-americana sintetiza o significado prático para o surgimento de novas alianças que, através da cooperação, visionam uma ideologia neoliberal de nível plurilateral. A existência deste novo ator, a Aliança do Pacífico, concretiza a perspectiva, mesmo que ambiciosa, […]

Biblioteca 0

Contexto Internacional – Vol. 35 – No. 2/2013

Artigos  Post-hegemonic regionalism and sovereignty in Latin America: optimists, skeptics, and an emerging research agenda, por Thomas Legler Brazil and regional integration in South America: lessons from the EU’s crisis, por Elena Lazarou Regionalism and political pepresentation in comparativeperspective: the European Union and MERCOSUL, por Ana Paula Tostes The crisis of the European Union and its impact on regionalism in […]

Ásia-Pacífico 0

Zonas Econômicas Especiais Made in China: Do modelo de exportações à exportação do modelo, por Bruno Hendler

Zonas industriais voltadas para as exportações não foram criadas na República Popular da China. Elas surgiram em países da América Central e da Ásia Oriental alguns anos antes, mas o modelo das Zonas Econômicas Especiais (ZEEs), desenvolvido naquele país a partir dos anos 1980, é um marco histórico em termos de escala e investimentos, sendo uma importante força motriz do […]

Política Internacional 0

A cooperação e a coerência de políticas para o desenvolvimento em uma perspectiva Espanhola, por Fernando Calixto dos Santos e Henrique Sartori de Almeida Prado

A cooperação internacional cresceu inserida na lógica do sistema de alianças estabelecida pelas duas potências hegemônicas, presente no sistema internacional na segunda metade do século passado, disseminando-se em um esquema estratégico para a reconstrução da Europa. Neste contexto bipolar, a cooperação internacional foi usada como ferramenta para promoção dos interesses destas potências, dividindo o globo em zonas de influência, tornando […]

Ásia-Pacífico 0

A Rússia e a China na Organização de Cooperação de Xangai: entre cooperação e rivalidade, por Paulo Duarte

Segundo Raquel Freire (2012), “a OCX é muito interessante pelo efeito de dupla contenção que exerce”, quer “face à China”, quer “face à Rússia”, que são “duas grandes potências rivais, competidoras na mesma área”. Com efeito, a especialista esclarece que “estas duas potências colaborarão até determinado momento”, a partir do qual a competição tenderá a prevalecer (Freire, 2012). A cooperação […]

Política Internacional 2

O resultado do FX-2 e a busca por sinergia entre a Política Externa e de Defesa, por Lucas Kerr Oliveira, Giovana Esther Zucatto e Bruno Gomes Guimarães

No dia 18 de dezembro de 2013, o Ministro da Defesa, Celso Amorim, anunciou o resultado da concorrência FX-2, com a compra de 36 caças Gripen NG da empresa sueca Saab. Tal escolha vai ao encontro das diretrizes da Estratégia Nacional de Defesa (END), de unir capacidades de defesa ao desenvolvimento da indústria nacional e regional de defesa. Produz, ainda, […]